Populismo na República Romana (sécs. II-I a.C.)

orador

Ler em PDF: Populismo-Republica-Romana

 

Resumo

Este artigo defende a seguinte tese: a República Romana (séc. II-I a.C.) era bipartidária, com optimates e populares a rivalizarem pelo poder, numa sociedade altamente competitiva. Os primeiros defendiam os interesses do status quo, eram conservadores e defensores dos privilégios dos nobres ou da eleite governante. Os segundos eram progressistas e falavam em nome do povo. Nenhum dos grupos controlava completamente a população, mas sentia necessidade crescente em fazê-lo, com base numa oratória cada vez mais populista (demagógica) e instrumental num contexto de meios a justificarem os fins.

Palavras-chave: Antiguidade Romana, República, Populismo

 

Abstract

This article defends the following thesis: the Roman Republic (II-I century BC) was bipartisan in a highly competitive society. The optimates fovored of the status quo, were conservative and defended the privileges of the nobles or the ruling elite. The populares were progressive and spoke on behalf of the people. None of the groups completely controlled the population, but felt a growing need to do so, in order to achieve their goals, with the help of an oratory increasingly populist (demagogic) and instrumental when the end justified the means.

Keywords: Roman Antiquity, Republic, Populism.

Palestra sobre Democracia – Colóquio IHC-FCSH-NOVA

x

Maria SOUSA GALITO – Palestra 25/11/2017 (10H) – Democracia ao Nosso Alcance?

Ler em PDF: MSG-25-11-2017

 

Colóquio: “Ainda Podemos Pensar a Democracia como Algo ao Nosso Alcance?” (24/25 Novembro 2017). Instituto de História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa. PDF: Coloquio-IHC-FCSH-25-11-2017

 

 

Registo IGAC – Direitos de Autor

IGAC

O direito de autor é o ramo do Direito que regula a proteção das obras intelectuais. Em Portugal, a Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) é a entidade dependente da tutela da Cultura que assume papel abrangente na área da proteção do direito de autor.

Textos do CI-CPRI estão protegidos pelo IGAC.

Atualização: Registo n.º 3573/2017 (de 10/10/2017).

CI-CPRI: Registo n.º 2679/2014 (de 16/05/2014).

 

Palestra – Populismo

x1

Colóquio sobre Populismo e as Suas Expressões organizado pelo NEPUL – Núcleo de Estudos Políticos da Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, sala 2.13, 23/24 Maio 2017.

Proceedings:

Palestra sobre Populismo – Definição e Características em PDF: Populismo-23-05-2017

Palestra sobre Populismo na Antiguidade Clássica Romana em PDF: Roma-23-05-2017

Programa do Colóquio NEPUL em PDF: Nepul-Programa

Facebook NEPUL:  https://www.facebook.com/nucleodeestudospoliticosdauniversidadedelisboa/

Dietas

x2

A beleza depende dos olhos que a veem e do coração que a sente. Não se define por medidas corporais. Mas hoje em dia a cultura globalizada impinge certos padrões comportamentais que dinamizam o mercado multimilionário das dietas.

Ler em PDF: Dietas

SOUSA GALITO, Maria (2017). “Dietas”. CI-CPRI, Artigo de Opinião, N.º 37, Março, p. 1

Política e Sociedade – 3 Pontos em Análise

x3

SOUSA GALITO, Maria (2017). “Política e Sociedade – 3 Pontos em Análise”. CI-CPRI, Artigo de Opinião, N.º 36, Março, pp. 1-2.

Ler em PDF: Politica-e-Sociedade

Num Estado de Direito Democrático a cidadania tem de ser ativa e madura para que o sistema seja saudável e satisfaça as necessidades dos seus eleitores; e os designados para cargos públicos devem cumprir com as suas responsabilidades e, tanto quanto possível, executar o programa de governo se desejarem ser reeleitos e não serem castigados por conduta indevida.